terça-feira, 13 de abril de 2010

PEDAL DE DOMINGO PASSADO - 11/04.


Saudações moçada.
Tempo curto. Nem dei as caras no pedal de quarta-feira.
Hoje, depois de 5 dias, posto o pedal que fizemos domingo de manhã, lá pelas bandas do Urbanova, nas trilhazinhas bacaninhas daquelas áreas. Primeiramente, devo desculpas ao amigo Ishii. Não te liguei. Marcamos meio em cima da hora, e a hora que eu lembrei de te avisar, já eram 06:30h da manhã. Fomos eu, o Davi, o Betão e o Rafael.
Nos encontramos às 07:30h da manhã na casa do Davi (Altos da Serra IV) e saímos rumo à fazendinha do Esplanada do Sol.
A pontinha morreu!!
Deu um trampo pra atravessar, e as tábuas estavam todas soltas. Mas no fim deu tudo certo.
Dali fizemos a J. Macedo, Jaguariuna, Parathey, Abelhinhas, e um pedaço do charco que sai de trás do Aeroclube, com uma subida bem punk, e voltamos pelo IPD, dentro da UNIVAP. Foi curto, 30km, mas intenso, e bem enlameado. Bacana, como sempre, e combinado de última hora. Acho que vamos ter que separar um dia da semana, fixo, pra fazer uns pedais do "amagrela". Tem gente cobrando.
Bom. Seguem as fotos do pedal, que foi bem legal. E tem um vídeo.



video




Saída no Urbanova: O dia estava ensolarado. Mas no Urbanova, terra do nunca, a coisa é diferente. Lá tem neblina até ao meio-dia!

Eu, Betão e Rafael.

Estrada da fazendinha.

As cabrinhas do Davi.

Na fazendinha, a neblina.

O que sobrou de ponte. Tava foda.

Olha a condição da danada!!

E o ribeirão. Cheio e fedido.

Pedal na várzea.

Betão sob efeito da máquina do Davi, que caiu no chão. Deu pane na proteção da lente.

Rafael.

Eu.

O trio Betão, Rafael e eu, na J. Macedo.

Detalhes das teias de aranha nos farpados, depois do orvalho.



Na estradinha de Jaguariuna, bate papo com cidadão do pedal nativo. Morador de roça. Pedala de verdade, pra locomoção.

Estradinha e bate-papo.

E o sol aparecendo...





Subidinha pra linha do trem.

No Parathey.

Acesso pelo alambrado, do Urbanova. A gente indo, e um cidadão vindo.

Subidinhas das trilhas do Urbanova.

Nas abelhinhas...

...muita lama! É disso que o povo gosta, é isso que o povo quer!!

Betão no atoleiro.

Rafael.

Rafael sobre as águas!

Foto bacana, de movimento.

E aqui, numa das poucas fotos em que nosso fotógrafo Davi aparece, o bicho está bebendo merda! Fazendo graça com o barro. Mas o cheiro tava de lascar.

Olha o estado da bicha!! Da bicicleta, meu!!!

Eu, Rafael e Davi.

Subidinha bem bacana.

E a descida para o Aeroclube. Dá uma olhana na categoria da foto!

Chegada, na casa do Davi.

E os pés de barro.


Bom pedal, boa companhia. É hora de ir pra casa, de roupa suja e espírito limpo!!
30km de pedal. Curto, mas intenso, e enlameado. Fizemos boas fotos e filminhos. Legal de tudo.


Valeu gente fina. Nos vemos pelos pedais.


Abraços, Paulinho.

4 comentários:

  1. Fotos muito bonitas,os detalhes das teias de aranha no arame farpado estão um espectaculo.
    Parabens pela reportagem!

    ResponderExcluir
  2. AH, agora eu sei porque o Rafa voltou tão elameado pra casa...o tênis preto dele estava irreconhecível!
    As fotos estão lindas e palmas para dona aranha, exímia arquiteta!
    Eliane

    ResponderExcluir
  3. Paulinho matando os amigos para variar, hehehe

    elas fotos artísticas, esse é o grande lance, observar o mio ambiente, as paisagens, parar e curtir o Planeta né mesmo? :)

    ResponderExcluir
  4. Gostei das fotos e do video! Deu até vontade de ir no próximo pedal...

    ResponderExcluir